Mostrar menú principal Ocultar menu principal
Básico
Avançado

Está aqui

Miminho aos Avós de Sintra regista vendas anuais acima do meio m

Separadores primários

Cabecera Franquicia

Logotipo Miminho aos Avós
Investimento: 
32.500 €
Direitos de entrada incluídos. Valores sem IVA.
Direito de entrada: 
12.500 €
Royalties: 
1,5% + Taxa de Gestão de Rede 1,5%
Capa Miminho aos Avós
Investimento Direito de entrada Royalties Taxa de publicidade Contrato Área População Financiamiento Criação Franchisings
32.500 €   Direitos de entrada incluídos. Valores sem IVA. 12.500 € 1,5% + Taxa de Gestão de Rede 1,5% 20€ / mês 5 anos
Renováveis
70 m² 3.000 hab. Não 2005 1 próprio
17 Portugal

Miminho aos Avós de Sintra regista vendas anuais acima do meio m

A unidade de Sintra da Marca Miminho aos Avós registou, no ano de 2020, 580 mil euros em vendas anuais, uma unidade com 12 anos que teve um crescimento de 10%, num contexto de pandemia e recessão económica generalizada.

O valor é resultado do esforço de "uma equipa jovem, dinâmica” e “resiliente” que “acredita e veste a camisola da empresa”, afirma a responsável da unidade de Sintra, Ana Pires.

“Ajudou não termos tido medo, ajudou ter uma equipa jovem, dinâmica, resiliente, que acredita e veste a camisola da empresa, ajudou nunca deixar de acreditar e ter a convicção que existimos pelos nossos clientes e por isso temos de estar a dar o nosso melhor todos os dias, mesmo quando os casos de infeção se agudizaram”, frisa a responsável.

Além disso, considera ser “gratificante” obter esse resultado “que espelha o esforço diário de uma equipa já muito alargada: um gestor de unidade, um assistente social, um ortoprotesico mais um estágio profissional na mesma área, uma vendedora de loja, 35 ajudantes familiares (em média), uma enfermeira e três fisioterapeutas”.  “Os resultados são o reflexo de que trabalhamos muito. Estão todos de parabéns e eu muito grata pela equipa que tenho", reforça.

Segundo Ana Pires, “o ano de 2021, será principalmente vivido mês a mês, mantendo todo o trabalho que temos realizado e esperando não ter de enfrentar muito mais instabilidade do que a que ultrapassámos até agora”. “Talvez o alargamento da abordagem às unidades de cuidados continuados para o trabalho de parceria como já realizamos com algumas delas seja o projeto mais ambicioso para 2021", refere.

Por sua vez, o franchisador da Marca, Rui Francisco, considera que os resultados são “fruto do esforço de uma equipa com resposta multidisciplinar em várias áreas” e que “se soube adaptar à realidade da pandemia da Covid-19". “Demonstra o esforço de todos que contribuem não só para o crescimento da Marca, mas, também, para continuar a servir os nossos clientes”, sustenta o responsável.