Mostrar menú principal Ocultar menu principal
Básico
Avançado

Está aqui

Solar Project inicia projeto para melhorar eficiência energética

Separadores primários

Cabecera Franquicia

Logotipo Solar Project
Direito de entrada: 
8.000 €
Royalties: 
3%
Solar Project
Investimento Direito de entrada Royalties Taxa de publicidade Contrato Área População Financiamiento Criação Franchisings
8.000 € 3% 1.5% 5 anos
Renováveis
25 m² -- Não 2008 1 próprio
7 Portugal

Solar Project inicia projeto para melhorar eficiência energética

Foi atribuído à rede de franchising Solar Project o projeto de melhoria de eficiência energética num edifício secular no centro histórico da cidade do Porto.

 

Uma das mais nobres e antigas instituições portuenses, a Celestial Ordem Terceira da Santíssima Trindade, adjudicou à Solar Project um projeto que conta com a otimização da eficiência energética do edifício, classificado como Património Cultural da Humanidade. O edifício em questão obriga a determinadas exigências estéticas que certamente poderão contar com o maior profissionalismo por parte da Solar Project que, mais uma vez, se viu confrontada com um desafio de integração arquitetónica dos sistemas que se propõe a instalar. Garantimos (...) o melhor compromisso com o desempenho técnico dos sistemas e consequente rentabilização do investimento realizado”, afirma esta rede de energias renováveis.

 

Para este projeto, a rede de franchising Solar Project propôs equipamentos de elevada eficiência energética, capazes de responder às necessidades da instituição a nível de iluminação, de produção de águas quentes sanitárias bem como climatização do edifício. Concluídos os trabalhos será possível verificar uma redução significativa no consumo energético da instituição. O projeto está avaliado em cerca de 340.000€.

 

A seguir pode verificar a descrição pormenorizada dos sistemas que serão implementados.

 

  • Sistema Solar Térmico para produção de águas quentes sanitárias: Este sistema, constituído por 110,04 m2 de área coletora e por 6.000 l de volume de acumulação, contribuirá de forma significativa para produção de águas quentes sanitárias, garantindo no entanto em algumas alturas do ano a totalidade da produção de águas quentes sanitárias.
  • Sistema de Climatização e de Gestão Técnica Centralizada: Será instalado um depósito de 1.500 l, mais um conjunto de caldeiras de condensação a gás, com uma potência total de 900 kW tendo como objetivo garantir a produção de águas quentes sanitárias bem como o aquecimento ambiente de determinados sectores do edifício. Estas Caldeiras têm uma eficiência elevada, o que permite reduzir o consumo de gás associado a estas necessidades e possuem uma baixa emissão de CO2 e baixo nível de emissão de NOx.
    Para o sistema de climatização foi também proposto a substituição do chiller existente por um chiller bomba de calor de 300 kW de elevado valor de eficiência de performance (COP) e de elevado valor de eficiência de energia de rácio (EER).
  • Substituição de lâmpadas convencionais (da iluminação ineficiente) por lâmpadas Led: A iluminação existente no edifício da instituição será totalmente renovada. No decorrer desta intervenção as lâmpadas convencionais serão substituídas por 1.090 unidades de Lâmpadas Led, com uma potência total de 17.117 kW. As lâmpadas Led permitem poupar energia ao mesmo tempo que possuem um tempo de vida útil mais prolongado.